skip to Main Content
Te

Visual Studio Team Services, a Plataforma de DevOps Microsoft

Atualmente, é imprescindível que o processo de desenvolvimento de Software, não conte com um processo bem claro e definido de DevOps, pois assim podemos entregar software de maneira cada vez mais ágil, e  cada vez mais segura.

Ao contrario do que muitos pensam, DevOps não é uma ferramenta que colocamos em nossa empresa, DevOps, é uma mudança cultural, que pode e deve ser apoiada por ferramentas que possam facilitar este processo.

DevOps is the union of people, process, and products to enable continuous delivery of value to our end users.

Donovan Brown

 

Assim como muitas plataformas de mercado, a Microsoft também possui sua plataforma de DevOps, o Visual Studio Team Services, ou como é mais conhecido, VSTS.

O VSTS não é uma ferramenta que surgiu do dia para a noite, sua origem se deu, a anos atrás, com o lançamento do Team Foundation Server, ou TFS. Atualmente tanto o TFS quanto o VSTS co-existem, com uma sutil diferença, o VSTS é disponibilizado na plataforma de nuvem da Microsoft, e com seu background gerenciado por ela. Enquanto no TFS você precisa se preocupar com Instalação, Configuração, Updates, Backup, etc, no VSTS você basicamente se preocupa apenas em utilizá-lo, já que a Microsoft se responsabiliza por todo esse processo por você.

Atualmente, o VSTS é uma das plataformas de DevOps mais completas do mercado, pois possui de maneira integrada, uma série de funcionalidades importantes para nossos projetos, como:

 

1 – Gerenciamento de Código Fonte

Atualmente você pode trabalhar com 2 protocolos distintos de controle de versão no VSTS, que são: TFVC, que já vem com o TFS a muito tempo, e também o GIT, que é um protocolo amplamente difundido no mercado de desenvolvimento de Software, fácil, e prático de utilizar.

Outro ponto importante, é que o VSTS trabalha com basicamente qualquer linguagem de Programação. Um erro muito comum, é acreditar que o VSTS trabalha apenas com .Net ou com Visual Studio. Atualmente, não importa nem a linguagem, nem a plataforma.

 

2 – Planejamento Ágil

O VSTS também possui toda uma parte preparada para que você possa trabalhar com planejamento Ágil. Você pode criar todo seu Kanban, suas tarefas, e relacionar isso com seus commits, e gerar toda uma rastreabilidade sobre as atividades realizadas por seu time nos projetos. Você pode também, utilizar o PowerBI para gerar gráficos avançados de seus backlogs, e ter um controle maior.

 

3 – Continous Integration e Continous Delivery

Um outro ponto de grande valor, que encontramos hoje no VSTS é o processo de CI e CD, onde você pode automatizar processos de Build, onde você pode testar a compilação de seu projeto, execução de testes automatizados,analises de qualidade de código, etc, e se tudo estiver OK, disponibilizar seu pacote para que possa ser implantado pelo processo de CD, utilizando o Release Management, que você utiliza para automatizar o Deployment de suas aplicações, com promoção de ambientes, ciclos de aprovações, agendamentos, etc.

 

O VSTS possui uma série de outras funcionalidades extremamente úteis para seu projeto de Software, e se você quer saber mais sobre o assunto, Fale Conosco, para que possamos marcar uma conversa, sobre como podemos auxilia-lo a implementar o processo de DevOps com o VSTS em sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top